MONITORAMENTO DE POTENCIAIS IMPACTOS DO REJEITO DE MINÉRIO DE FERRO NA PRAIA E ANTEPRAIA ADJACENTES DA DESEMBOCADURA DO RIO DOCE

Resumo: Em 5 de novembro de 2015 o rompimento da barragem de rejeitos de minério de ferro na localidade de Mariana (MG), despejou cerca de 50x106m3 de areia e lama na zona costeira do Espírito Santo, sendo aproximadamente 16x106m3 no sistema fluvial/estuarino. O evento deslocou o volume de contaminantes ao longo de quase 700 km até à foz do Rio Doce na localidade de Regência (ES) e na plataforma continental adjacente. Em 7 de dezembro, a pluma de material em suspensão se espalhou ao longo da costa em quase 80 km, sendo que 57 km para o norte e 17,5 km para o sul, além de 18 km costa-à-fora, conforme dados do IBAMA, publicados no G1 na edição de dezembro de 2015.
A possibilidade de contaminação das areias das praias adjacentes levou à retirada de ninhos de ovos de tartaruga, e o seu deslocamento para outras praias, e ainda, à proibição de banho de mar, prejudicando as atividades econômicas e recreacionais da região costeira. Neste sentido, a segurança ao banho /balneabilidade do litoral atingido, assim como a fauna associada ao sistema praial necessita ser avaliada para que respostas sejam o mais prontamente dadas à sociedade. Através de estudos e monitoramento praial de curto e longo prazo, busca-se obter respostas para as seguintes questões:
• Qual o alcance máximo dos contaminantes ao longo da costa?
• Qual seu deslocamento ao longo do tempo?
• Quais processos morfodinâmicos envolvidos na distribuição dos contaminantes?
• Existe a possibilidade de os contaminantes atingirem a berma alta da praia e a costa e, em caso afirmativo, em que condições de energia de onda?
• Uma vez atingida a costa qual os possíveis impactos causados sobre o ecossistema costeiro?

• Qual a resiliência do sistema praia-antepraia para neutralizar a ação dos contaminantes ao longo do tempo nos sedimentos e na fauna bentônica?

Data de início: 2018-06-15
Prazo (meses): 44

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Jacqueline Albino
Pesquisador Leonardo Azevedo Klumb Oliveira
Pesquisador Dieter Carl Ernst Heino Muehe
Vice-Coordenador Maria Tereza Weitzel Dias Carneiro Lima
Vice-Coordenador Karla Gonçalves da Costa
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910