Os manguezais funcionam como filtros de materiais naturais ou poluentes?

Resumo: Como local de grande transformação da matéria orgânica, os manguezais desempenham um importante papel na manutenção e fornecimento de carbono para estuários e outros ambientes costeiros. Esses ecossistemas possuem a capacidade de reduzir a erosão e velocidade de correntes, conduzindo a um elevado incremento na sedimentação do material em suspensão. A região ao entorno do manguezal associado aos rios Piraquê-Açú e Piraquê-Mirim no estado do Espírito Santo, Brasil, já apresenta diversas modificações, o que pode levar a grandes consequências para organismos que utilizam esse ecossistema e para outros ecossistemas adjacentes. Utilizando-se de recursos como a análise de biomarcadores moleculares, isótopos de compostos individuais, elementar de carbono e nitrogênio, além de elementos majoritários e traços (metais), o presente projeto objetiva avaliar a qualidade da matéria orgânica e de possíveis poluentes que possam acumular nos sedimentos desse importante ecossistema.

Data de início: 2015-08-01
Prazo (meses): 36

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Renato Rodrigues Neto
Coordenador Eduardo Schettini Costa
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910