Ecologia de Peixes em Praias Arenosas do Espírito Santo

Resumo: Zonas costeiras compreendem múltiplos ambientes com diferentes feições morfológicas que fornecem proteção e recurso alimentar para diversas espécies de peixes e invertebrados durante a fase juvenil. Dentre estes ambientes, o ecossistema praial suporta uma elevada dinâmica física (exposição às ondas), química (entrada e saída de nutrientes) e geológica (transporte de sedimentos), possuindo uma fauna extremamente adaptada a este ambiente, sendo esta representada em grande parte por espécies em formas juvenis que utilizam este ambiente como berçário. O presente estudo tem objetivo elucidar o processo de desenvolvimento dos peixes em ambientes costeiros, como praias arenosas e a resposta desses frente a influência estuarina e de macroalgas arribadas na costa. O conhecimento da dinâmica destes ambientes e os processos envolvidos são fundamentais para manutenção de sua biodiversidade, bem como subsidiar estratégias de manejo e conservação de seus recursos naturais.

Data de início: 2011-01-01
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Doutorado Marcelo Paes Gomes
Aluno Mestrado Ryan Carlos de Andrades
Coordenador Agnaldo Silva Martins
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910