Avaliação ecotoxicológica do minério de ferro em larvas de Perna perna (Linneaus, 1758)

Resumo: As alterações causadas pelo homem vem levando a um colapso nos bens e serviços fornecidos pelos complexos de habitats encontrados na zona costeira. Uma das grandes preocupações ecológicas atuais refere-se ao impacto ambiental causado pela liberação antrópica de metais pesados nos diversos ambientes naturais. Entretanto, a falta de conhecimento do efeito dos poluentes sobre as espécies torna difícil avaliar a sua extensão. Esse conhecimento é um item essencial para determinar o impacto antrópico sobre as populações naturais e subsidiar ações que permitam salvaguardar os estoques naturais. Os mexilhões marinhos constituem estoques naturais de recursos renováveis que dependem de todo um ecossistema em equilíbrio para sua reprodução e desenvolvimento, sofrendo alterações significativas devido ao grau de contaminação de região no entorno. A espécie Perna perna é a de maior interesse econômico no país, e ocorre em abundância no litoral do Espírito Santo. A contaminação de ferro no meio aquoso pode se dar por fontes naturais, devido às características geológicas, e fontes antrópicas, pela presença de efluentes domésticos, industriais e atividades portuárias O projeto aqui proposto visa o estudo ecotoxicológico em larvas de mexilhões Perna perna submetidos à diferentes concentrações de minério de ferro.

Data de início: 2009-08-01
Prazo (meses): 12

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Luiz Fernando Loureiro Fernandes
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910