Variações Quantitativas do Fitoplâncton, com ênfase na Importância e Contribuição das Cianobactérias Picoplanctônicas, em uma Região Marinha da Águas Oligotróficas Intermediárias Tropicais, Guarapari -ES.

Nome: Patrícia da Rocha Leal
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 20/08/2009
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Camilo Dias Júnior Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Camilo Dias Júnior Orientador
MARINA SATIKA SUZUKI Examinador Interno

Resumo: RESUMO
Esta pesquisa teve como objetivo principal contribuir com informações a respeito das variações
quantitativas do fitoplâncton, enfatizando a importância e a contribuição das cianobactérias
picoplanctônicas, em termos de biomassa fitoplanctônica total, para uma região marinha de
águas oligotróficas intermediárias tropicais. Como objetivos secundários verificar quais
interligações podem ser observadas entre parâmetros celulares e variáveis ambientais a partir
de variações espaços-temporais. O presente estudo foi realizado na área de afundamento do
navio Victory 8B, que se encontra inserido no complexo insular do município de Guarapari - ES,
entre as ilhas Escalvada e Rasas. Em torno do navio foram demarcadas 12 estações
amostrais, distribuídas ao longo de quatro radiais perpendiculares. Nessa área foram
realizadas 5 campanhas amostrais trimestrais, objetivando análise qualitativa e quantitativa do
fitoplâncton, bem como suas variações espaço- temporais e relações com as variáveis
ambientais (temperatura, salinidade, pH, oxigênio dissolvido e nutrientes) também medidas
durantes as amostragens. Os resultados apontaram que o fitoplâncton na área de afundamento
do navio Victory 8B está representado, em sua maioria, por espécies de habitats oceânicos,
porém ainda, com ocorrência considerável de espécies estuarinas e costeiras. A diversidade foi
considerada baixa, e tal fato está relacionado com as poucas espécies que contribuíram com
altas densidades. Neste estudo, os gêneros que mais colaboraram para a elevada densidade
fitoplanctônica total foram Synechocystis e Synechococcus. Verificou-se que a biomassa
estimada pela densidade numérica, atribuiu importância excessiva as cianobactérias
picoplanctônicas e não considerou a grande importância ambiental dos organismos maiores,
como principais contribuidores da biomassa do fitoplâncton, representados aqui, principalmente
pelas classes de tamanho nano e microfitoplanctônica, mas isso não inibiu a importância das
cianobactérias picoplanctônicas nesta região, sendo importantes fontes de biomassa quando
células maiores nem sempre estão presentes.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910